Tamanho do texto

País tem como principais alvos o Estado Islâmico e a Al Nosra

Ataque aéreo comandado pela Rússia atingiu rebeldes, prisioneiros e civis e deixou dezenas de feridos
Observatório Sírio dos Direitos Humanos
Ataque aéreo comandado pela Rússia atingiu rebeldes, prisioneiros e civis e deixou dezenas de feridos

A Rússia garantiu nesta quarta-feira (3) que não vai parar com a intervenção militar na Síria enquanto não forem “realmente vencidos os grupos terroristas”. 

“Os ataques aéreos russos não vão parar até que tenhamos realmente derrotado a organização Estado Islâmico e a Frente Al Nosra”, o ramo sírio da Al Qaeda, disse o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, citado pela agência Interfax.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.