Tamanho do texto

As autoridades chilenas emitiram o alerta para toda a costa do país depois de um tremor de magnitude 8,3 na escala Richter

As autoridades chilenas suspenderam o alerta de tsunami emitdo nesta quarta-feira (16) depois do violento tremor que atingiu o país e já provocou, de acordo com o último balanço oficial, oito mortos.

Terremoto no Chile deixa mortos e desabrigados. Governo alerta para tsunamis
AP
Terremoto no Chile deixa mortos e desabrigados. Governo alerta para tsunamis

“O alerta de tsunami foi suspenso em todo o território nacional”, anunciou o Departamento Nacional de Situações de Emergência do Chile, em sua conta da rede social Twitter.

As autoridades chilenas emitiram o alerta para toda a costa do país depois de um tremor de magnitude 8,3 na escala Richter, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), às 19:54 de quarta-feira, ter abalado o Norte, Centro e Sul do território.

O abalo sísmico provocou a retirada de cerca de um milhão de pessoas das suas casas e outras réplicas de 5 graus foram sentidas ao longo da madrugada no Chile. As aulas foram canceladas hoje nas escolas de Atacama e Los Lagos.. O tremor de terra também foi sentido em cidades da Argentina e do Brasil.

O ministro do Interior do Chile, Jorge Burgos, disse que foi convocada para hoje uma reunião de emergência do gabinete da presidente Michelle Bachelet. O encontro deve ocorrer em Coquimbo, onde foi registrado o epicentro do terremoto e considerada a zona mais atingida, com desmoronamentos e estradas obstruídas.

*Com agências