Tamanho do texto

Apesar das investidas, o jovem de 16 anos se recusou a manter uma relação física com a diretora

A diretora de uma escola da Pensilvânia, nos Estados Unidos, tentou seduzir um dos seus alunos com fotos e mensagens explícitas. Em troca, Emily Feeney, 40 anos, afirmava que iria ajudar o estudante de 16 anos a ser admitido em Harvard.

Apesar das investidas, o jovem se recusou a manter uma relação física com a diretora, que também já tinha trabalhado como treinadora de natação. De acordo com o adolescente, a professora mandava frases eróticas e fotos nua. 

Emily Feeney, 40 anos
Reprodução
Emily Feeney, 40 anos

O comportamento de Emily só foi revelado quase um ano após o início das mensagens quando o jovem contou para seus pais sobre as abordagens

Agora, Feeney foi indiciada por quatro acusações, incluindo o contato ilegal com um menor, atentado violento ao pudor e contato sexual com um aluno. As informações são do jornal britânico "Daily Mail".

Leia também:

'Nudes': veja as famosas que tiveram sua intimidade vazada na rede

Professora grampeia orelha de aluno de 4 anos em escola da China

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.