Tamanho do texto

Estado Islâmico reivindica ataque. Templo estava lotado por conta do Ramadã, mês sagrado para os muçulmanos

Atentado em mesquita no Kuwait
AP
Atentado em mesquita no Kuwait

Um ataque a uma mesquita do Kuwait deixou ao menos 25 pessoas mortas e centenas de feridos nesta sexta-feira. O atentado foi realizado por um homem-bomba e ocorreu em um momento em que o local, na cidade de Al-Sawaber, estava lotado. Militantes do Estados Islâmico reivindicam a autoria.

Saiba mais sobre os outros ataques 

Atentado em hotéis de cidade turística na Tunísia mata ao menos 27 pessoas

Homem é decapitado em ataque terrorista na França

O ato terrorista foi realizado poucas horas após uma usina da gás na França por atacada. Uma pessoa foi decapitada e várias ficaram feridas no local. Paralelamente, na Tunísia, homens abriram fogo contra turistas em uma praia na cidade de Sousse, matando mais de 20 pessoas. Não há confirmação de que os atentados nos três países tenham sido orquestrados.

Vídeo mostra resgate das vítimas:

Imagens postadas nas redes sociais mostram a extensão do ataque no Kwait. A mesquita ficou destruída e várias corpos aparecem caídos no chão.

Um comunicado na web, atribuído ao Estados Islâmico, reivindica o ataque, aponta o homem-bomba como sendo Abu Suleiman al-Muwahed e afirma que o alvo foi um "templo de rejecionistas" (tero usado pelos adeptos do Estado Islâmico para se referir aos xiitas. O local estava lotado por conta do Ramadã, mês sagrado para os muçulmanos.

Veja também fotos dos ataques na França, Kuwait e Tunísia:


    Leia tudo sobre: estado islâmico
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.