Tamanho do texto

Prefeito diz que se não tomar uma providência, as pessoas vão continuar a sujando, sabendo que alguém virá limpar

Prefeito proibiu garis de limpar praça central por dez dias; segundo ele, objetivo é mudar 'maus hábitos'
Reprodução/BBC
Prefeito proibiu garis de limpar praça central por dez dias; segundo ele, objetivo é mudar 'maus hábitos'


Um prefeito turco decidiu interromper a coleta de lixo na principal praça da cidade para protestar contra o excesso de sujeira.

Kazim Arslan, prefeito da cidade de Yozgat, na região central da Turquia, proibiu os garis de limpar a área por dez dias.

Segundo ele, o objetivo é fazer com que a população local se conscientize da quantidade de lixo que joga nas ruas, informou o site de notícias local Haberler.

A praça ─ um dos principais cartões-postais da cidade ─ costuma ser alvo de descarte de cascas de sementes de girassol, um popular aperitivo turco, assim como pacotes de biscoitos e bitucas de cigarro.

Arslan diz que se a Prefeitura não tomar uma providência, as pessoas vão continuar a sujar a praça, sabendo que alguém virá para limpá-la.

Leia também: Novaiorquina vive há dois anos sem produzir lixo

Alguns moradores, no entanto, não parecem desconfortáveis com o acúmulo de lixo e continuam frequentando o local.

"Não faremos qualquer concessão. Vamos mudar esses maus hábitos", afirmou o prefeito ao Haberler.

Uma equipe de garis foi instruída a coletar o lixo assim que o período de dez dias terminar, mas o prefeito espera que até lá possa ter conscientizado a população.

"Espero que as pessoas cuidem da cidade delas", disse o prefeito. "Ninguém tem o direito de pensar: 'Se eu jogar lixo na rua, a Prefeitura vai limpar'".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.