Tamanho do texto

Família do menino terá de pagar indenização; lei prevê estupro apenas em casos de homens que se relacionam com menores

Um tribunal tribal na província de Sindh, no Paquistão, condenou um menino de 10 anos por ter mantido uma relação sentimental com uma mulher casada.

2014:  Juiz retira acusação de tentativa de homicídio contra bebê no Paquistão

Paquistaneses limpam as paredes da mesquita de Sunehri para o próximo Ramadan em Peshawar, Paquistão
AP
Paquistaneses limpam as paredes da mesquita de Sunehri para o próximo Ramadan em Peshawar, Paquistão

A família da criança terá que pagar uma indenização de seis mil euros à mulher. De acordo com a imprensa local, o episódio em um vilarejo e provocou uma disputa entre dois clãs. O caso foi levado a um tribunal penal que decidiu aplicar a multa ao garoto.

Veja:  Vídeo flagra crianças treinando com armas pesadas no Paquistão

A lei paquistanesa prevê punição de estupro apenas em casos de homens adultos que mantêm relação com mulheres menores de idade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.