Tamanho do texto

As últimas semanas têm sido marcadas por violentos combates na fronteira entre os países; curdos recuperaram área do EI

Cerca de 23 mil sírios deixaram seu país rumo a Turquia entre 3 e 15 de junho, anunciou nesta terça-feira (16) o Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

As últimas semanas têm sido marcadas por violentos combates na fronteira entre a Síria e a Turquia, que permitiram às forças curdas assumir o controle total da cidade de Tall Abyad, até agora nas mãos dos jihadistas.

Segunda:  Atentado suicida de britânico de 17 anos no Iraque deixa cidade em choque

“A maioria dos recém-chegados é síria e foge da violência dos grupos armados rivais, mas há também 2,1 mil iraquianos que vieram de Mossul e de outras cidades”, disse o porta-voz do Acnur, William Spindler.

Mossul, principal cidade do Norte do Iraque, é controlada pelos jihadistas do grupo extremista Estado Islâmico.

“Os refugiados estão esgotados, alguns caminharam durante vários dias”, disse Spindler.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.