Tamanho do texto

Vale lembrar que o santo patrono dos animais e do meio ambiente serviu de inspiração para Jorge Bergoglio escolher seu nome de Papa: Francisco

Esse será o primeiro documento do tipo, considerado o mais importante texto escrito pelo líder da Igreja Católica, feito inteiramente por Francisco
AP
Esse será o primeiro documento do tipo, considerado o mais importante texto escrito pelo líder da Igreja Católica, feito inteiramente por Francisco

A poucos dias de divulgar sua encíclica sobre meio ambiente e desnutrição, o papa Francisco convidou as pessoas a acompanharem a publicação do texto com uma "renovada atenção para a situação de degradação ambiental" nos locais onde vivem.

LEIA MAIS:  Sobrinho do papa sofre ameaça: "Vou te decapitar. Se não for você, será seu tio"

A declaração foi dada durante a celebração dominical do Angelus, na praça São Pedro. "Essa encíclica é direcionada a todos. Rezemos para que todos possam receber a sua mensagem e aumentar sua responsabilidade em relação à casa comum que Deus nos confiou", disse o Pontífice.

 O documento será divulgado na próxima quinta-feira (18), e a imprensa católica especula que seu título será "Laudato sii" ("Louvado seja"). Essa frase abre o Cântico das Criaturas, de São Francisco de Assis, tido como o texto mais antigo da literatura italiana.

Vale lembrar que o santo patrono dos animais e do meio ambiente serviu de inspiração para Jorge Bergoglio escolher seu nome de Papa. O Pontífice trabalhou durante meses na encíclica e chegou até a pedir ajuda ao teólogo brasileiro Leonardo Boff, que enviara a ele dois pacotes de materiais sobre o tema.

Esse será o primeiro documento do tipo, considerado o mais importante texto escrito pelo líder da Igreja Católica, feito inteiramente por Francisco. A encíclica "Lumen Fidei", publicada em junho de 2013, havia sido iniciada por Bento XVI e foi finalizada pelo argentino. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.