Tamanho do texto

Evento foi realizado em Nova York, seu berço político; Hillary disse desejar uma economia que funcione para todos os norte-americanos, e não só para quem está "no topo da sociedade"

Hillary em seu primeiro comício, em Nova York
AP
Hillary em seu primeiro comício, em Nova York

Na presença de milhares de pessoas, Hillary Clinton realizou neste sábado (13) o primeiro comício público de sua campanha pela Presidência dos Estados Unidos.

O evento foi realizado em Nova York, seu berço político, e teve um discurso voltado à ala mais à esquerda do Partido Democrata, que critica sua proximidade a Wall Street e sua ligação com o establishment do país.

Anúncio:  Hillary Clinton anuncia que participará das prévias para a presidência dos EUA

"Chega de privilégios para poucos. Estamos ainda lutando para sair da crise e os benefícios da retomada não chegaram a todos. Por isso, quero disputar a Presidência dos Estados Unidos", declarou Hillary, sendo ovacionada pela plateia.

Em seguida, ela afirmou que deseja uma economia que funcione para todos os norte-americanos, e não apenas para quem está "no topo da sociedade". "Chega de políticas econômicas impostas de cima para baixo", acrescentou.

Análise:  Favorita, Hillary tem chances de ser 1ª mulher a presidir EUA

A candidata também prometeu uma ampla reforma migratória que salve "milhares de pessoas da expulsão" e uma luta "sem limites" para vencer a discriminação contra gays, lésbicas e transgêneros. Até o momento, a ex-secretária de Estado tem apenas dois rivais nas primárias do Partido Democrata: o senador Bernie Sanders e o ex-governador de Maryland Martin O'Malley.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.