Tamanho do texto

Equipe de resgate envolve 3.400 tropas chinesas e 1.700 paramilitares, além de 150 navios e 59 máquinas

São 14 sobreviventes e 11 desaparecidos, das 456 pessoas à bordo do cruzeiro Estrela Oriental, que naufragou no rio Yangtsé, na segunda-feira (1º), segundo a agência de notícias da China, Xinhua.

O naufrágio ocorreu na segunda-feira à noite, por volta das 21h30 (hora local), quando o navio de nome Dongfangzhixing (Estrela Oriental) foi atingido por um tornado e afundou em "apenas um ou dois minutos".

Trata-se de um barco de cruzeiros turísticos, com quatro andares e 76 metros de comprimento, e navegava há três dias de Nanjing para Chongqing, com 456 pessoas a bordo: 405 passageiros, a maioria dos quais com mais de 60 anos de idade, 46 tripulantes e cinco guias turísticos.


O navio foi endireitado na sexta-feira (5) por gruas enormes e voltou sua posição vertical, permitindo os socorristas a percorrerem caminhar por plataformas e por cada cabine em busca de sobreviventes e corpos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.