Tamanho do texto

137 alpinistas foram resgatados, assim como 32 guias. Oito pessoas continuam desaparecidas e os nove corpos ainda não foram identificados

O Ministro de Turismo da Malásia, Masidi Manjun, comentou pelo Twitter que mais onze corpos foram encontrados pela equipe de resgate, neste sábado. Outros dois já haviam sido localizados após o forte tremor de 6 graus na escala Richter que abalou o Monte Kinabalu, na sexta-feira (5).

As duas vítimas identificadas são um guia de montanha de 30 anos e um estudante de Cingapura, de 12 anos. O local é um dos picos mais altos do sudeste da Ásia, com 4.095 metros, e muito procurada por alpinistas. Com o tremor, há grandes deslizamentos de pedras.

Monte Kinabalu na Malásia após tremor de 6 graus na escala Richter
AP
Monte Kinabalu na Malásia após tremor de 6 graus na escala Richter




Segundo o ministro, 137 alpinistas foram resgatados em segurança, assim como 32 guias. Oito pessoas continuam desaparecidas e os nove corpos ainda não foram identificados.

 A maior parte dos desaparecidos são estudantes e professores da escola primária Tanjong Katong, informa o Ministro da Educação de Cingapura, Heng Swee Keat, em seu facebook. Keat diz que governo de Cingapura trabalha com governo da Malásia para dar toda a assistência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.