Tamanho do texto

Combates ocorreram em Caqueta, sul do país, um dos redutos das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia; há feridos

Um guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e dois civis morreram em confrontos com o exército colombiano, de acordo com levantamento feito após o cessar-fogo anunciado pelos rebeldes.

Os combates ocorreram em Caqueta, ao sul do país, um dos redutos das Farc, principal guerrilha da Colômbia e que, há mais de dois anos, negocia um processo de paz.

Dia 22:  Farc encerram cessar-fogo unilateral na Colômbia após ataque do Exército

Dia 19:  Sobe para 61 o número de mortos após avalanche em Salgar

"Duas pessoas ficaram feridas e outras duas morreram", informou o exército colombiano por meio de comunicado, afirmando que os dois civis foram atingidos por tiros efetuados pelas Farc.

O guerrilheiro morto era procurado por suspeita de participação na morte do governador de Caqueta em 2009 e pelo sequestro de funcionários chineses da empresa petrolífera Emerald Energy, na mesma região, em 2011.

As operações militares contra as Farc se intensificaram por ordem do presidente Juan Manuel Santos, apesar dos esforços das negociações de paz. As discussões devem recomeçar hoje (25) em Havana, Cuba.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.