Tamanho do texto

"É um imenso revés para as autoridades", lamenta o vice-governador do estado de Borno, Mustapha Zannah

Território dominado pelo grupo extremista Boko Haram já pode ser do tamanho da Bélgica
AFP
Território dominado pelo grupo extremista Boko Haram já pode ser do tamanho da Bélgica

O grupo radical islâmico Boko Haram recuperou o controle da cidade de Marte, localidade estratégica no Nordeste da Nigéria, de acordo com informação confirmada hoje (16) pelo vice-governador do estado de Borno, Mustapha Zannah.

“É triste, mas temos de compreender que Marte está totalmente sob controle dos rebeldes, o que é um imenso revés para as autoridades”, afirmou Zannah.

Leia também:  Exército da Nigéria resgata 293 mulheres sequestradas pelo Boko Haram

Situada em uma rota estratégica para o comércio entre Nigéria, Camarões e Chade, Marte é cobiçada por conta de sua riqueza agrícola. Desde 2013, as forças de segurança da Nigéria e o Boko Haram se alternam no controle da cidade.

A estimativa é que o território sob controle do Boko Haram já supera a Bélgica em tamanho. Milhares de pessoas foram mortas pelo grupo e centenas de milhares tiveram de abandonar suas casas e cidades para fugir dos terroristas, que lutam para estabelecer o chamado Estado Islâmico.

Em outra cidade nigeriana, ao menos sete pessoas morreram e 31 ficaram feridas em um ataque terrorista suicida ocorrido hoje. Segundo as primeiras informações, testemunhas afirmaram que o explosivo teria sido acionado por uma menina de aproximadamente 12 anos, próximo à estação ferroviária de Damaturu, capital do estado de Yobe.

As informações sobre o número de mortos foram atribuídas a médicos do Hospital Sani Abacha.

Leia mais:  'Esperávamos a morte todos os dias', diz refém do Boko Haram

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.