Tamanho do texto

Presidente venezuelano morreu nesta terça-feira aos 58 anos, após sucessivos tratamentos contra um câncer diagnosticado em 2011

Reuters

O presidente venezuelano, Hugo Chávez , morreu na terça-feira às 16h25 locais (17h55 em Brasília) aos 58 anos, após quase dois anos tratando um tumor. 

Chávez havia voltado à Venezuela no dia 18 , após ter sido submetido em Cuba em 11 de dezembro a uma quarta cirurgia relativa a um câncer não especificado na região pélvica, que havia sido diagnosticado em junho de 2011

Obituário:  Morre aos 58 anos Hugo Chávez, presidente da Venezuela

Perfil:  Conheça Nicolás Maduro, ex-motorista de ônibus que pode suceder a Chávez

Veja uma cronologia com os principais fatos desde que o governante esquerdista surpreendeu o mundo em junho de 2011 com o anúncio de que sofria de câncer.

2011

- 10 de junho: O chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, anuncia que Chávez foi submetido a uma operação de emergência em Havana depois de ter sido detectado um abscesso pélvico

- 30 de junho : Em um forte discurso à nação lido desde Cuba, um pálido e magro Chávez anuncia que foi operado de câncer em Havana.

- 4 de julho: O governante faz um impactante regresso não planejado de Cuba na véspera do Dia da Independência.

- 17 de julho: Volta a Cuba para dar início à quimioterapia.

- 28 de julho: Chávez comemora seu aniversário de 57 anos e promete conquistar a reeleição em 2012.

- 10 de agosto: Cresce popularidade do presidente em meio ao chamado "efeito solidariedade" decorrente da doença.

- 14 de setembro: A autoridade eleitoral marca as eleições presidenciais para 7 de outubro de 2012. Chávez diz que concorrerá à reeleição.

- 22 de setembro: O presidente termina o quarto e último ciclo de quimioterapia .

- 20 de outubro: Após exames médicos em Cuba, declara-se livre do câncer e seus médicos dizem que ele está completamente curado.

- 28 de outubro: Chávez volta às ruas para liderar a campanha pela reeleição.

- 2 de dezembro: Volta à cena internacional com uma cúpula continental sem os Estados Unidos.

- 19 de dezembro: Busca retomar a imagem de homem forte com uma campanha "corpo a corpo".

- 20 de dezembro: Participa da cúpula do bloco econômico do Mercosul no Uruguai, sua primeira viagem política desde o diagnóstico.

Presidente da Venezuela, Hugo Chávez,conversa com imprensa depois de encontro com secretária-geral da Unasul, Maria Emma Mejia (out/2011)
Reuters
Presidente da Venezuela, Hugo Chávez,conversa com imprensa depois de encontro com secretária-geral da Unasul, Maria Emma Mejia (out/2011)

2012:

- 8 de janeiro: Chávez retoma o programa de rádio e televisão símbolo de seu governo "Alô Presidente".

- 12 de fevereiro: O jovem governador do importante Estado de Miranda, Henrique Capriles, passa a ser candidato único da oposição para desafiar Chávez após ganhar as primárias.

- 21 de fevereiro: Chávez anuncia que será operado novamente por uma lesão na mesma região em que teve câncer.

- 28 de fevereiro: É operado em Cuba.

- 4 de março: O presidente diz que terá de se submeter à radioterapia .

- 14 de março: Capriles vai às ruas para conquistar os partidários de Chávez.

- 16 de março: Chávez volta à Venezuela após a cirurgia.

- 25 de março: Volta a Havana para dar início à radioterapia .

- 5 de abril: O presidente chora durante uma missa por sua saúde e pede a Deus: "Não me leves ainda."

- 14 de abril: Volta a Havana para ciclos de radioterapia e não comparece à Cúpula das Américas .

- 2 de maio: Em uma decisão surpreendente, o governante estabelece um conselho assessor do governo , num momento de debate nacional sobre a possível sucessão por causa das frequentes ausências enquanto recebe tratamento para câncer.

- 7 de maio: Chávez interrompe vários dias de silêncio e assegura que governa plenamente a Venezuela apesar do tratamento para o câncer que recebe em Cuba.

- 9 de junho: Anuncia que saiu "absolutamente bem" dos exames médicos que realizou após um tratamento de radioterapia.

- 11 de junho: Chávez registra sua candidatura para as eleições presidenciais.

- 9 de julho: O presidente garante que está completamente livre do câncer.

- 13 de julho: Volta às ruas e desafia apostas de que haverá uma campanha virtual.

- 7 de outubro: Conquista a reeleição contra Capriles e assegura o socialismo até 2019.

Presidente da Venezuela, Hugo Chávez (E), fala ao lado de seu vice, Nicolás Maduro, que indicou como seu sucessor se sua saúde piorar
AP
Presidente da Venezuela, Hugo Chávez (E), fala ao lado de seu vice, Nicolás Maduro, que indicou como seu sucessor se sua saúde piorar

- 27 de novembro: A Assembleia Nacional autoriza a viagem de Chávez a Cuba para receber terapia hiperbárica, um tratamento complementar comum em pacientes que receberam radioterapia.

- 7 de dezembro: Chávez retorna à Venezuela , acompanhado por seu vice-presidente, Nicolás Maduro, e duas de suas filhas.

- 9 de dezembro: O presidente anuncia que voltará a Cuba para ser submetido a uma nova cirurgia por causa do retorno do câncer e designa Maduro como seu eventual sucessor se não for capaz de voltar ao poder.

- 11 de dezembro: É submetido à quarta cirurgia relativa ao câncer.

2013: 

- 18 de fevereiro: Vindo de Cuba, Chávez retorna a Caracas para continuar tratamento contra câncer em hospital militar.

- 5 de março: Chávez morre em Caracas aos 58 anos. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.