Tamanho do texto

De acordo com o último balanço divulgado pelo Infosiga, no último mês foram registrados 429 óbitos no Estado, ante 493 em novembro de 2015

As colisões, ocorrências entre dois veículos, e os atropelamentos foram as que mais causaram mortes em novembro
Shuttersock
As colisões, ocorrências entre dois veículos, e os atropelamentos foram as que mais causaram mortes em novembro

O número de mortes por acidentes de trânsito no Estado de São Paulo caiu 13% em novembro em comparação com o mesmo mês de 2015. De acordo com o último balanço do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito (Infosiga), divulgado nesta segunda-feira (19), no último mês foram registrados 429 óbitos no Estado, ante 493 em novembro de 2015.

LEIA MAIS:  Se envolveu em um acidente de trânsito? Saiba o que fazer após uma ocorrência

Também foi registrada queda de 9,3% na taxa de mortes na comparação outubro de 2016 e novembro do mesmo ano: passou de 473 para 429. No acumulado de onze meses, a queda foi de 6,4% ou 357 vidas poupadas: caiu de 5.572 para 5.215.

De janeiro a novembro de 2016, o número de acidentes com vítimas teve queda de 20,7% em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 176.177 ocorrências este ano, enquanto no ano passado foram 520. O sistema do governo do Estado calcula o número de acidentes a partir das informações da Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Polícia Rodoviária Federal.

LEIA MAIS:  Zona Azul no formato de papel deixa de valer em São Paulo 

Em novembro, 78% dos mortos no trânsito eram do sexo masculino. Os jovens entre 18 e 29 anos foram as maiores vítimas, seguido de homens e mulheres entre 30 e 34 anos e de 55 a 59 anos. As colisões, que são as ocorrências entre dois veículos, e os atropelamentos foram as que mais causaram mortes em novembro. Os motociclistas e pedestres ainda são os que mais perdem vidas nas ruas de São Paulo.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

O Infosiga é uma iniciativa do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa criado pelo Governo do Estado de São Paulo que tem como principal objetivo reduzir pela metade as vítimas fatais nos acidentes de trânsito no Estado de São Paulo até 2020.

LEIA MAIS:  Opas e OMS pedem que prefeitos mantenham velocidades reduzidas

As informações são atualizadas mensalmente e contam com dados sobre perfil do acidente, da vítima e da frota. Com isso, o governo pretende mapear os acidentes e óbitos no trânsito no Estado de São Paulo e fornecer subsídios para que o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito possa elaborar e desenvolver políticas públicas e ações para alcançar a meta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.