Tamanho do texto

Projeto de Lei que libera advogados do rodízio de veículos na capital paulista foi votado nessa terça-feira (7)

Projeto de lei deve ser votado e aprovado novamente na Câmara dos Vereadores em São Paulo
Luis Cleber/Estadão Conteúdo - 24.04.16
Projeto de lei deve ser votado e aprovado novamente na Câmara dos Vereadores em São Paulo

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nessa terça-feira (7) 73 projetos em uma votação simbólica. Entre os PL aprovados está a 505/2015, que pretende liberar advogados do rodízio de veículos na capital.

O projeto de lei apresentado pelo vereador Eduardo Tuma (PSDB) prevê que os profissionais da advocacia não sejam obrigados a cumprir o rodízio em São Paulo, medida que impede que carros circulem pelo centro da cidade em um determinado dia da semana.

A discussão do PL 505/2015 está em primeira fase, o que significa que ele precisa ser votado e aprovado novamente pela casa antes de ser encaminhado para sansação do prefeito Fernando Haddad.

Também foi aprovado nessa terça-feira, em 1ª votação, o PL 288/2014, proposto pelo vereador Eliseu Gabriel (PSB), que prevê a mudança de nome do Elevado Presidente Costa e Silva, o Minhocão, para Elevado Presidente João Goulart, presidente deposto pelo Golpe Militar em 1964.