Tamanho do texto

O avião no qual a mulher viajou foi desinfectado "para evitar riscos à saúde de outros passageiros", de acordo com agência

Agência Brasil

O vírus Zika foi detectado em cerca de 30 países da América Latina e Caribe
iStock
O vírus Zika foi detectado em cerca de 30 países da América Latina e Caribe

A Rússia anunciou nesta segunda-feira (15) o primeiro caso de vírus zika no país, em uma mulher infectada na República Dominicana, onde passava férias.

De acordo com a agência estatal Rospotrebnadzor (Serviço Federal para Supervisão de Direitos do Consumidor e Bem Estar Humano), a mulher foi hospitalizada em Moscou e o seu estado é satisfatório. "As análises laboratoriais revelaram a presença do vírus zika na paciente", explicou a mesma fonte.

Os familiares mais próximos da mulher infectada também estão em observação pelas autoridades sanitárias russas. O avião no qual a mulher regressou a Moscou foi desinfectado "para evitar riscos à saúde dos passageiros".

Saiba mais sobre o zika vírus e a microcefalia

O vírus zika foi detectado em cerca de 30 países da América Latina e Caribe. Em 1º de fevereiro, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou emergência de saúde internacional, devido à possível relação entre os casos de microcefalia em recém-nascidos registrados no Brasil com o vírus zika.

Transmitido pela picada de mosquitos do Aedes aegypti, o Brasil é o país mais atingido no mundo pela epidemia de zika, com três mortes confirmadas, seguindo pela Colômbia.