Tamanho do texto

Casos de comprometimento articular no corpo foram relatados por especialistas que examinam crianças com microcefalia associada ao zika vírus

Dados dos exames nas crianças com casos confirmados de microcefalia associada ao zika vírus ainda estão sendo colhidos
iStock
Dados dos exames nas crianças com casos confirmados de microcefalia associada ao zika vírus ainda estão sendo colhidos

Além da microcefalia, o zika vírus também está sendo associado a complicações no pé (pé torto congênito) e no quinto dedo das mãos. Quem explica esse problema é a médica Vanessa Van der Linden, responsável pela parte de neurologia do mutirão para triagem de casos da Fundação Altino Ventura, em Pernambuco, que tem como finalidade examinar crianças com diagnóstico confirmado de microcefalia para entender mais sobre as consequências do zika vírus.

A profissional explica que os pacientes com microcefalia associada ao zika vírus têm alteração visual na mácula (área localizada na retina que pode sofrer danos e prejudicar a visão de maneira irreversível), alguns apresentam comprometimento auditivo e outros sofrem alteração ortopédica.

“É uma minoria. Nos meus pacientes, por exemplo, só identifiquei pé torto congênito, e não é grave”, conta ela, explicando que é possível tratar e reverter a maioria desses problemas.

“Além disso, já houve caso de artrogripose, em que outras articulações do corpo são comprometidas”, explica ela.

>> MAIS: Como evitar que o mosquito da dengue nasça e pique você

Os dados dos exames nas crianças com casos confirmados de microcefalia associada ao zika vírus ainda estão sendo colhidos, então não é possível ainda determinar a porcentagem de bebês com esses tipos de malformações.

Microcefalia congênita

A neurologista explica que na microcefalia associada a doenças genéticas é de hábito aparecer defeitos de membros, mas no caso de malformação congênita causada por vírus e outros agentes não é comum.

“A microcefalia associada ao zika vírus tem característica de infecto-congênita, então não é comum aparecer malformações”. No entanto, no caso do zika, isso vem ocorrendo.

A oftalmologista Liana Ventura, da Fundação Altino Ventura, conta que já examinou casos de pé torto congênito e também alterações no quinto dedo da mão.

As médicas ressaltam, no entanto, que será preciso mais tempo de estudo para determinar essa associação do zika vírus com malformações além da microcefalia.

Leia também:
Microcefalia: 'Você olha e não vê defeito, vê uma família completa', diz mãe
Juiz defende direito a aborto em casos de microcefalia com risco de morte
Estudo vai infectar cérebros com zika vírus para entender mais sobre doença

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.