Tamanho do texto

Washington - A multimilionária Paris Hilton não autorizou o uso de sua imagem para o comercial lançado na quarta-feira pelo candidato presidencial republicano, John McCain, informou a imprensa local.

No comercial, McCain qualifica seu rival democrata, Barack Obama, como "celebridade" e sugere que o senador por Illinois não está à altura da Presidência dos Estados Unidos.

O anúncio intercala imagens de celebridades como Britney Spears e Paris Hilton com as de Obama durante seu discurso a uma multidão em Berlim (Alemanha), na semana passada.

As imagens são acompanhadas pela voz de uma narradora que diz: "Ele é a maior celebridade do mundo, mas está preparado para liderar?".

Segundo o site "Hollywood.com", uma assessora de Paris que não foi identificada assegurou em comunicado que a estrela "não deu permissão para o uso de sua imagem no anúncio", e indicou que "não há mais comentários sobre o assunto".

Os pais de Paris, Rick e Kathy Hilton, supostamente contribuíram com US$ 4.600 para a campanha de McCain apenas este ano, segundo o "Hollywood.com".

Os assessores de Britney Spears não quiseram comentar sobre o anúncio de McCain.

A campanha do candidato republicano disse que as imagens de Britney e Paris foram escolhidas porque elas estão entre as celebridades mais conhecidas do mundo.

Leia mais sobre eleições nos EUA

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.