undefined
Rovena Rosa/Agência Brasil 02.10.2016
Presidente Michel Temer foi mais cedo à zona eleitoral para evitar a presença de manifestantes contrários a seu governo

O presidente Michel Temer votou no início da manhã deste domingo (2) no campus da Pontifícia Universidade Católica (PUC) no bairro Perdizes, zona oeste de São Paulo. O peemedebista chegou à zona eleitoral logo depois da abertura dos portões, às 8h.

LEIA MAISTemer diz que não está preocupado com impopularidade

A universidade paulistana já foi alvo de diversos protestos contra o presidente, que assumiu definitivamente o mandato no fim de agosto após o impeachment de Dilma Rousseff. Diversos atos contra Temer estavam marcados para este domingo, mas não houve registro de tumultos.

A previsão era de que Temer fosse votar às 11h, mas optou pela antecipação para evitar manifestações. Ele saiu da universidade em menos de cinco minutos. O presidente estava acompanhado por seguranças e, aos jornalistas, disse apenas que as eleições são um “gesto democrático” para o País.

    Veja Também

      Mostrar mais