Tamanho do texto

Eram esperados 16.644 candidatos, mas 1.332 não compareceram aos locais de exame

O primeiro dia da segunda fase do vestibular da Universidade Estadual de Campinas teve um índice de abstenção de 8%. Eram esperados 16.644 candidatos, mas 1.332 não compareceram aos locais de exame. O índice é um pouco menor do que o registrado em 2010, 8,07%, mas em números absolutos as ausências deste ano superam a última edição do vestibular, quando 1.187 pessoas faltaram.

Agora 15.312 estudantes seguem na disputa por uma das 3.444 vagas dos 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Faculdade de Medicina e Enfermagem de São José do Rio Preto (Famerp). Em 2010, a Unicamp bateu novo recorde de inscrições, 57.201 candidatos.

Como as provas da segunda fase são obrigatórias, o candidato que zerar qualquer uma delas está automaticamente desclassificado do vestibular Unicamp. Com isso, os 1.332 ausentes podem prestar as próximas duas provas, mas não irão concorrer mais as vagas.