Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Ciência da computação

Profissões relacionadas ao curso: Analista de tecnologia da informação, cientista da computação, programador .

1. Sobre o curso

Cientista da computação


O cientista da computação analisa e desenvolve estruturas e soluções computacionais, além de dar suporte aos usuários. Com seu trabalho, busca inovar a utilização e a infraestrutura dos sistemas computacionais. Implanta redes de computadores e internet e desenvolve sistemas operacionais, ferramentas de desenvolvimento de programas de computadores, sistemas de gerência de banco de dados e compiladores.


Principais áreas de atuação


- Desenvolvimento de programas e sistemas em empresas de computação
- Pesquisa científica e tecnológica
- Segurança da informação
- Análise de sistemas
- Desenvolvimento de bancos de dados
- Suporte técnico
Topo

2. Ensino

Número de faculdades 740
Melhores cursos Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Porto Alegre), Universidade Federal De Minas Gerais (Belo Horizonte), Fundação Universidade Federal de Viçosa (MG)
Vagas disponíveis por ano 43.749
Duração do curso 4 anos
Candidatos 89.908
Candidatos/vaga 2,05
Formandos por ano 14.274
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório?  


Não

Quem recruta estagiários


- Empresas de todos os setores.
- Empresas de TI.
- Órgãos públicos.

Melhor época do ano para procurar estágio  


Não há uma época definida.


Momento ideal para iniciar estágio


A partir do segundo ano.

Atividades do estágio


- Desenvolvimento de sistemas, com a supervisão de um profissional.
- Suporte técnico.

Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado   


Não há dados disponíveis.

Exigências para atuar na profissão


Não há.

Regulamentação  


Não há.

Ganho inicial (média mensal)


- Em pequenas ou médias empresas: de R$ 2 mil a R$ 4 mil.
- Em grandes empresas: de R$ 2 mil a R$ 4,5 mil.

Ganho escalão intermediário (média mensal)


- Em pequenas ou médias empresas: de R$ 5 mil a R$ 9 mil.
- Em grandes empresas: de R$ 6 mil a R$ 11 mil.

Ganho no auge (média mensal)


- Em pequenas ou médias empresas: de R$ 9 mil a R$ 14 mil.
- Em grandes empresas: de R$ 10 mil a R$ 15 mil.


Atividades do início de carreira


O profissional pode atuar tanto na parte de desenvolvimento de sistemas, utilizando seus conhecimentos em programação, como em suporte técnico, com foco em infraestrutura. Outros procuram desde cedo atuar em processos, voltando sua carreira para análise de negócios, por exemplo.

Evolução da profissão    


Como qualquer outra profissão, passa por fases que vão de júnior asênior, mas com uma particularidade: essa área possibilita um crescimento não só no modelo da pirâmide, indo até cargos de gerência e diretoria, mas também na chamada “carreira em Y”, em linha mais técnica, como especialista. Há muitos especialistas com remuneração igual à de gerentes.

Auge da carreira


Cerca de 15 anos após a formatura.

Dicas


- É importante dominar  o inglês, porque todos os programas são produzidos nesse idioma.
- O profissional deve fazer cursos que estejam relacionados a programas com os quais lida. Como há muitas informações na área, pode-se perder tempo com cursos que não serão utilizados na vida profissional.
- Ter conhecimentos diversos das áreas de Tecnologia da Informação, como gestão da informação e de negócios, ajuda a ampliar sua atuação no mercado.





Topo
Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC), dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2009.

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

André Assef, diretor operacional da Desix;

Roseana Romualdo, consultora especializada em coaching de carreira para profissionais de TI e sócia da RHTEC Recursos Humanos para Tecnologia;

Robert Half, Guia de Salários 2010-2011.
Topo