Tamanho do texto

Para solicitar recurso o participante deverá enviar documentação específica prevista no edital do Enem; inscrição no exame será entre 6 e 7 de maio

menina segura livro do enem em uma mão e mexe no celular com a outra
Luís Fortes/MEC
Enem 2019 acontece nos dias 3 e 10 de novembro

Estudantes que tiveram o pedido de isenção da taxa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) negado têm até esta sexta-feira (26) para entrar com recurso pela internet, no Sistema Enem. Os resultados dos recursos serão divulgados no dia 2 de maio. 

Leia também: Ministro da Educação nega que exista risco do Enem ser cancelado ou adiado

Para a solicitação de recurso, o participante deverá enviar documentação específica, prevista no edital do Enem . Serão aceitos somente documentos nos formatos PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2MB.

Aqueles que não obtiveram a isenção por ter tido recusada a justificativa de ausência no exame de 2018, deverão apresentar documentos diferentes dos anexados inicialmente durante o período de justificativa. A relação dos documentos aceitos está também disponível no edital.

Ao todo, 3.687.527 estudantes solicitaram a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio 2019, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira ( Inep ). 

A taxa de inscrição deste ano é de R$ 85. O resultado está disponível desde o dia 17 na Página do Participante. Para consultar o resultado, é necessário informar o CPF e a senha criada na hora de fazer a solicitação. 

Para participar do exame, os estudantes - com ou sem isenção da taxa - devem fazer a inscrição no período de 6 a 17 de maio.

Leia também: MEC investirá menos em faculdades de humanas e mais em "áreas que dão retorno" 

Estudantes isentos

Têm direito à isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio em 2019, em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, o que, em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ou seja, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 499), ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.994).

Leia também: Projeto faz de espaços públicos sala de aula para moradores de rua

Enem 2019

O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. As notas do exame podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

    Leia tudo sobre: Enem