Tamanho do texto

Bolsistas têm até sexta-feira para renovar contrato e até quinta-feira para entregar documentação nas instituições financeiras; presidente do FNDE garante que problema com aditamento junto aos bancos foi solucionado

Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano
Agência Brasil
Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano

Termina nesta sexta-feira (30) o prazo para renovar o contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) , tarefa que os estudantes precisam executar a cada semestre. Além disso, os bolsistas também têm até a quinta-feira (29) para entregar no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal os Documentos de Regularidade de Matrícula (DRMs) emitidos a partir de 25 de novembro.

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, garantiu que os problemas apresentados na semana passada no aditamento junto aos bancos foi resolvido. “Quem procurou os agentes financeiros e não conseguiu fazer o aditamento do Fies na semana passada pode se dirigir novamente às instituições financeiras, porque os gargalos já foram todos solucionados. Mas é preciso comparecer logo e não deixar para a última hora”.

O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades. Em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no SisFies. No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa ainda levar a documentação comprobatória ao agente financeiro para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

LEIA TAMBÉM:  Como desastre de Mariana levou professor a ser indicado a 'Nobel da educação'

O investimento nos financiamentos é de R$ 8,6 bilhões, já garantidos no orçamento, de acordo com o Ministério da Educação. A pasta afirma que, para 2017, o governo federal já enviou ao Congresso Nacional Projeto de Lei Orçamentária que contempla R$ 21 bilhões para o programa, o que seria suficiente para manter os financiamentos e os contratos com os agentes financeiros do fundo.

Fies 2017

Na semana passada, o Ministério da Educação divulgou as regras para a seleção  do Fundo de Financiamento Estudantil do primeiro semestre de 2017. As instituições de ensino superior interessadas em participar do programa terão até o dia 6 de janeiro para realizar a inscrição no sistema.

Para os estudantes, é obrigatório ter realizado a prova do Enem a partir de 2010 e ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos, além de não ter zerado na prova de redação. Está mantido o limite de renda familiar em até três salários mínimos. 

O cronograma para a inscrição dos estudantes, bem como o número de vagas que serão ofertadas no Fies do primeiro semestre do ano que vem, será divulgado posteriormente pelo MEC.

*Com informações da Agência Brasil

    Leia tudo sobre: Fies
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.