Tamanho do texto

Provas serão diferentes das aplicadas no início do mês, mas terão o mesmo nível de dificuldade; candidatos vão fazer o exame nos próximos dias 3 e 4

O esquema da segunda aplicação do Enem será semelhante ao da primeira
Tomaz Silva/Agência Brasil - 08/11/2014
O esquema da segunda aplicação do Enem será semelhante ao da primeira

Os locais de prova da segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão disponíveis na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na internet. Os estudantes farão as provas nos dias 3 e 4 de dezembro.

LEIA TAMBÉM:  Tudo sobre o Enem

A recomendação é que os estudantes conheçam antes o local da prova para evitar atrasos no dia do exame. O esquema da segunda aplicação do Enem será semelhante ao da primeira. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h, no horário de Brasília. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

No primeiro dia, os candidatos terão quatro horas e 30 minutos para responder a 90 questões das áreas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia serão cinco horas e 30 minutos para as provas de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

Os mais de 271 mil candidatos que tiveram a prova adiada poderão consultar os novos locais na página do Participante  e no aplicativo do Enem, nas plataformas Android, iOS e Windows Phone.

Segunda aplicação do exame

O Enem foi aplicado nos dias 5 e 6 de novembro para 5,8 milhões de candidatos. Devido a ocupações de escolas, universidades e institutos federais, o Ministério da Educação adiou o exame para um grupo de estudantes que fariam a prova em 405 locais de diferentes estados. Esses estudantes receberam um aviso do Inep por mensagem no celular e e-mail.

Os locais de prova serão todos alterados. Segundo o instituto, os novos locais terão o padrão necessário para a aplicação das provas e não correrão risco de ocupação até a realização do exame.

A ocupação de escolas ocorrem em diversos estados, em protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55 , que limita os gastos do governo federal pelos próximos 20 anos, e a reforma do ensino médio,

As provas serão diferentes daquelas aplicadas no início do mês, mas manterão o mesmo nível de dificuldade, o que, de acordo com o Inep, garantirá a isonomia entre os candidatos. O resultado do Enem será divulgado para todos os participantes no dia 19 de janeiro.

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.