Tamanho do texto

Entre os artistas confirmados estão Arnaldo Antunes, Paulo Miklos, Edgard Scandurra, Clarice Falcão, Céu, Maria Gadú, Karina Buhr, Chico César e Letícia Sabatella

 Com a revogação da reorganização escolar, a Virada Ocupação convocada pela Rede Minha Sampa com apoio de milhares de voluntários inscritos pela internet, tornou-se um grande ato de celebração em São Paulo, neste domingo (6). O evento acontece em uma praça da Rua Cristiano Viana, no Sumaré, Zona Oeste da capital. 

De acordo com os organizadores, cerca de 20 bandas vão se reunir em show aberto à população, entre elas estão: Vitróla Sintética, Criollo, Maria Gadú, Bárbara Eugênia, Vanguart, Cidadão Instigado, Céu, Pequeno Cidadão, Paulo Miklos, Tiê e André Whoong, Arnaldo Antunes, Vespas Mandarinas, 2 Reis, Pitty, Chico César, Fresno, Bixiga 70, Yiago Iorc, Lucas Santana, Karina Buhr e Metá Metá.

Neste sábado (5), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), oficializou a revogação da reorganização escolar. O decreto, que suspende a transferência dos funcionários da Secretaria da Educação, foi publicado no Diário Oficial do Estado.

A decisão veio depois da onda de protestos de estudantes da rede estadual que culminou na ocupação de, até esta sexta-feira (4), 196 escolas. O número é Secretaria de Educação, um pouco menor do que as 205 ocupações garantidas pelo Apeoesp, o sindicato dos professores.

A reestruturação proposta por Alckmin levaria ao fechamento de mais de 90 escolas em todo o Estado, afetando mais de 300 mil alunos, causando problemas de transporte a muitos deles. Vale lembrar que também nesta sexta-feira (4), quando foi anunciado o recuo, a gestão do governador recebeu o menor índice de popularidade registrado até agora pelo instituto Datafolha, com apenas 28% de aprovação.

A mudança de postura do governo estadual, principalmente após críticas sobre a forma agressiva da qual a Polícia Militar se utilizou no trato com os estudantes, também refletiu na liderança da pasta. Ainda nesta sexta-feira (4), após o governador suspender a reforma da rede de ensino, o secretário da Educação do Estado de São Paulo, Herman Voorwald, pediu para deixar o cargo.

Paulo Miklos canta na Virada Ocupação em São Paulo. Assista: