Tamanho do texto

Resultado da 1ª chamada sai dia 22; ProUni concede bolsas integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino

Para se inscrever é necessária a média de 450 pontos na prova do Enem, além de não ter tirado zero na redação
Reprodução/Youtube
Para se inscrever é necessária a média de 450 pontos na prova do Enem, além de não ter tirado zero na redação

Os estudantes que querem concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem se inscrever, pela internet, a partir desta terça (16) até quinta-feira (18). Nesta edição, o ProUni oferta 116 mil bolsas em 856 instituições privadas de ensino superior. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 22.

Das 116.004 bolsas disponíveis, 68.971 são integrais e 47.033, parciais. São Paulo é o estado com maior número de bolsas ofertadas, com 30.519, seguido de Minas Gerais (14.335) e do Rio Grande do Sul (8.088).

Bolsas: Oferta de bolsas integrais no ProUni cai pela primeira vez desde 2010

Para se inscrever, o candidato deve ter feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado nota zero na redação. O candidato tem que informar o número de inscrição e a senha usados no Enem.

Atenção: Ministério da Educação desliga 74 instituições do ProUni

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.

Denúncia:  Alunos mortos e de alta renda tiveram bolsas no Prouni, aponta auditoria

As bolsas integrais do programa são para os estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar de até três salários mínimos, por pessoa.

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.