Tamanho do texto

Aplicativo simula a nota final com base nas notas do estudante no Enem e atualiza diariamente as notas de corte

Aplicativo é gratuito e pode ser baixado no próprio site do Sisu
Divulgação
Aplicativo é gratuito e pode ser baixado no próprio site do Sisu

O Ministério da Educação (MEC) lançou o aplicativo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que permite ao candidato acompanhar inscrição. O aplicativo é gratuito e pode ser baixado nas lojas do Android e do WindowsPhone ou pela página de dispositivos móveis do Sisu.

O Sisu seleciona estudantes para vagas no ensino superior público com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Esta edição vai oferecer 55.576 vagas em 72 instituições públicas. As inscrições começaram na segunda (8) e podem ser feitas até esta quarta (10),  exclusivamente pela internet, no site do Sisu.

Sisu:  Inscritos no Sisu já passam de 1 milhão

Pelo smartphone é possível buscar vagas nas instituições públicas de ensino superior, por curso e por instituição. O aplicativo simula a nota final com base nas notas do estudante no Enem, e atualiza diariamente as notas de corte.

Além do Sisu, o MEC espera lançar, ainda em 2015, aplicativos de consultas de vagas para o Programa Universidade para Todos (ProUni) e para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

Quem pode concorrer ao Sisu

Para participar do Sisu, o candidato precisa ter feito o Enem de 2014, e não ter tirado zero na redação. As inscrições estarão abertas até quarta-feira (10). O resultado será divulgado no dia 15 de junho em uma única chamada. A matrícula deverá ser feita na instituição de ensino, nos dias 19, 22 e 23 de junho.

Na hora da inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisu. Também deve definir se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, ou às vagas reservadas, de acordo com a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012). As cotas são para estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas. Nesta edição do Sisu, pelo menos 37,5% das vagas serão para estudantes cotistas.

Como é a seleção das vagas?

Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados para cada curso, com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. A nota é apenas uma referência, e não uma garantia de que o estudante será selecionado. Até o fim do período de inscrição, o candidato pode mudar de opção de curso.

Quem não conseguiu uma vaga na chamada regular pode participar da lista de espera se inscrevendo na página do Sisu, na internet, entre os dias 15 e 26 de junho. Em 2014, cerca de 6,2 milhões de candidatos fizeram o Enem em todo o país.

    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.