Tamanho do texto

Ator fez comentários ácidos sobre os críticos de cinema e refletiu sobre a fama em entrevista coletiva do festival SXSW

Durante uma coletiva do festival de cinema, tecnologia e música SXSW (South by Southwest), na segunda (10) em Austin, Texas, Nicolas Cage desabafou sobre o peso da fama. O ator esteve no festival para divulgar o filme "Joe", dirigido por David Gordon Green.

Siga o iG Cultura no Twitter

Cage foi bastante incisivo quanto ao que pensa sobre os críticos de cinema. "Eles contribuem para uma cultura na qual artistas são conhecidos apenas por serem celebridades e não por seus trabalhos em frente às câmeras", disse.

O ator falou também sobre suas inspirações no começo de carreira e a influência de James Dean. "Nada me afetava, nenhuma música de rock, nenhuma música clássica, da mesma forma como Dean me tocou com (o filme) 'Vidas Amargas'."

"Não estou reclamando, mas realmente é uma droga ser famoso hoje em dia", concluiu após refletir sobre a "fama pela fama". Em seu depoimento, Cage ainda falou sobre a importância que eventos pessoais acabam ganhando sobre as carreiras de pessoas públicas.

"Que diabos a vida pessoal de Lindsay Lohan tem a ver com sua atuação em 'The Canyons'? Que diferença faz se Bill Clinton teve um caso? Eu não quero ver aspectos pessoais da vida de alguém eclipsando seus trabalhos", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.