Trump
O Antagonista
Apuração praticamente empata na Geórgia


Trump diante de repetidas frases de efeito que tentam conturbar o processo eleitoral, perde apoio dentro do seu campo político , ao mesmo tempo que são cortadas suas falas por serem consideradas mentiras pelas grandes redes de televisão.



Diante da derrocada , mesmo os líderes do Partido Republicano, incluindo os poderosos senadores Mitch McConnell e Marco Rubio, têm se afastado das alegações de irregularidades do presidente Donald Trump e defendido a contagem dos votos.

McConnell, que é o líder da maioria republicana no Senado e um dos aliados de Trump, acompanhou as afirmações do presidente e admitiu que, embora este ano haja um número maior de estados com votação antecipada e pelo correio (101 milhões votos no total), os candidatos devem se adaptar "às regras de cada estado."

"Alegar que você ganhou a eleição é diferente de encerrar a contagem", disse McConnell a repórteres, dizendo que "a decisão dos estados sobre como conduzir a eleição não é assunto do governo federal".


Assim,após alardear denuncias uma "fraude" sem provas, Trump tinha se proclamado o vencedor na quarta-feira na Pensilvânia, Geórgia, Carolina do Norte e Michigan, quatro estados importantes.

“Levar dias para contar os votos legalmente não é fraude”, escreveu Rubio em sua conta no Twitter.



Momentos antes, numa prova de sensatez, Rubio havia assegurado em outra mensagem: "O resultado da corrida presidencial será conhecido depois de apurados todos os votos legalmente expressos".

Seguindo o mesmo raciocínio, verbalizou o ex-governador republicano Chris Christie, que garantiu à ABC News que o processo deve se desenvolver antes de ser julgado como falho.

"É uma decisão estratégica ruim, é uma decisão política ruim e não é o tipo de decisão que você esperaria de alguém que ocupa a posição que ocupa esta noite (em referência ao anúncio de Trump na manhã de quarta-feira)", acrescentou Christie , que também é conselheiro do presidente e passou vários dias na terapia intensiva por covid-19.

    Veja Também

      Mostrar mais