Assassinato/suicídio
Reprodução Twitter @sebastianarcher
Pai mata filho


A ideia era ter uma semana de férias de verão como a família fazia todos anos no mesmo local, em Cabenes (Castelló na Espanha).



Infelizmente numa atitude ainda sem explicação, o pai esfaqueou seu casal de filhos menores na noite deste sábado. No duplo esfaqueamento, o filho mais velho, de 12 anos, morreu em conseqüência dos ferimentos causados pelo ataque ao próprio pai. A filha de 10 anos teve que ser levada às pressas ao Hospital Geral de Castellón para receber uma faca no peito, o que levanta preocupações sobre sua saúde devido à gravidade da lesão.

A mãe ,no momento do duplo ataque aos filhos também se encontrava no apartamento do Edifício Costamar, onde os acontecimentos decorreram por volta das 3h35 da manhã de sábado(hora local). Depois de esfaquear os filhos, o agressor praticou suicidou,pulando do alto do prédio onde passavam o verão.

A mãe necessitou de atendimento de emergência após sofrer um surto com ataque de ansiedade, conforme relatado pelo Centro de Informação e Coordenação de Emergências (UCI).



Neste contexto, duas ambulâncias do SAMU se dirigiram ao prédio de apartamentos em Ribera de Cabanes, um vilarejo de Cabanes localizado ao longo do litoral, atendendo a mulher e sua filha. No entanto, os serviços de saúde não puderam fazer nada para salvar a vida do menor e não puderam reanimar o agressor.



Ainda não se conhecem as circunstâncias em que ocorreu.Segundo os vizinhos, trata-se de uma família madrilena, e “muito queridos ", donos da casa, à qual vão passavam o verão" habitualmente ".

Segundo  investigação em declaração se afirmou que: “No momento da investigação, o Tribunal não tem antecedentes ou reclamações da família”, reportou autoridades.

    Veja Também

      Mostrar mais