Cão robô
Divulgação Ford
Cão robô



Segundo reportagem do jornal norte-americano NyPost, o último '4x4' da Ford pode ir a lugares que nem o novo Bronco pode alcançar. Em formato de "cachorro robô", o veículo construído pela Boston Dynamics surpreende.


Batizado de “Fofo”, o cão robô tem um dispositivo de digitalização para quatro câmeras que criará um mapa 3D da instalação e de todos os seus equipamentos, para ajudar os engenheiros quando precisarem reprojetá-la para criar novos produtos.


O quadrúpede de pouco mais de 30kg pode subir escadas e caber em locais apertados que uma plataforma com rodas não poderia alcançar.

Em entrevista ao Nypost, o  gerente de engenharia digital da Ford, Mark Goderis, disse que o processo geralmente exige que um humano mova um tripé e aguarde cinco minutos em cada local para que a digitalização seja concluída.

O Fluffy é capaz de andar por duas horas por vez em velocidade de até 5 km / h e pode se agachar ou se esticar para oferecer uma visão melhor às câmeras, tudo sob o controle de um operador remoto.

Goderis disse que um trabalho de digitalização típico pode levar até duas semanas a um custo de US$ 300 mil (cerca de R$ 1,5 mil), mas que Fluffy ajudará a reduzir pela metade a uma fração do custo, não revelando exatamente quanto isso é.

A Boston Dynamics vende os dispositivos por US$ 74.500 (mais de R$ 350 mil), o que equivale ao mesmo preço que um Ford Mustang GT500, mas a Ford está alugando a Fluffy e uma segunda unidade apelidada de "Spot" por um ano.

De acordo com o último contrato do UAW, a Ford está investindo US$ 400 milhões (mais de R$ 2 bi) na fábrica para construir novas transmissões, transaxles e motores elétricos.

    Veja Também

      Mostrar mais