Nicole suspeita no caso Madeleine
Reprodução Twitter NyPost
Nicole suspeita no caso Madeleine



Os policiais estão investigando uma ex-namorada do pedófilo condenado, principal suspeito do desaparecimento da criança britânica Madeleine McCann , dizendo que a mulher era um suposto cúmplice em alguns de seus crimes.



Segundo reportagem do NyPost ,Christian Brueckner, 43, supostamente cometeu uma série de assaltos no sul de Portugal com Nicole Fehlinger e ligou para ela em 3 de maio de 2007, na noite em que Madeleine McCann, de 3 anos de idade, desapareceu de um resort popular na região, o Sun relatado . Brueckner e Fehlinger são alemães.


Esta suspeita se baseia na ligação sugida um pouco antes do caso de McCann, informou a emissora portuguesa RTP , e pode ter sinalizado a Brueckner que a costa estava limpa, embora não haja nenhuma sugestão de que ela soubesse que Brueckner planejava sequestrar a garota.

Nesta linha de raciocínio, a polícia não acha que Fehlinger desempenhou um papel no desaparecimento de McCann, mas a está questionando sobre outros crimes que ocorreram em 2007 em toda a região espanhola do Algarve, segundo informações da imprensa.

A investigação informa  que Brueckner e Fehlinger supostamente roubaram casas de veraneio, uma vez supostamente pegando 100.000 Euros enfiados em uma mala.

"Sempre foi o mesmo modus operandi", disse o reportagem da RTP. 

    Veja Também

      Mostrar mais