homem na frete da bandeira dos eua
Reprodução/Facebook
O presidente americano Donald Trump terá uma disputa mais difícil nas eleições por causa da pandemia




O presidente Donald Trump tem uma lista de desculpas prontas se ele perder as  eleições de novembro para o democrata Joe Biden. O magnata insistiu na quinta-feira (16) que o voto pelo correio põe em risco sua reeleição.



"O maior risco é que não vençamos ações judiciais", disse Trump em referência aos processos legais que ele tentou impedir os estados de usarem essa ferramenta para motivar a população a votar em novembro. "Se não vencermos as ações, acho que a escolha está em risco."

A votação pelo correio é promovida pelos democratas para que mais membros da classe trabalhadora, especialmente membros de minorias, tenham a oportunidade de votar. Durante anos, os democratas acusam os republicanos de criar barreiras para impedir que setores da população votem. O fechamento das estações de voto é um exemplo dos obstáculos.

O presidente se referiu à votação pelo correio como um método de fraude eleitoral.

Divisão republicana

Trump também pediu a outros políticos republicanos que não se afastassem de sua campanha.

"Se eles não abraçarem [a campanha], perderão porque, sabe, minha base de eleitores é forte", disse Trump, "eu tenho a base de eleitores mais forte que já foi vista".

Um candidato de Trump, Tommy Tuberville, venceu o ex-procurador dos Estados Unidos Jeff Sessions na primária do Alabama para o Senado federal.

Uma nova rodada de pesquisas mostradas na quarta-feira (15), apresentam um avanço de Joe Biden cada vez maior sobre o presidente Trump, com as eleições de novembro a menos de 100 dias.

    Veja Também

      Mostrar mais