Venezuela
reprodução twitter @sebastianarcher
Maduro Venezuela


Amazon foi multada pelo  Departamento do Tesouro dos EUA em US $ 134.523 à Amazon por oferecer serviços e produtos de remessa a pessoas sancionadas na Venezuela .


A gigante do  comércio eletrônico, segundo o comunicado da instituição, concordou com o pagamento para "resolver sua possível responsabilidade civil por violações aparentes de vários programas do OFAC [Foreign Assets Control Office]".

O fato envolve também a Crimeia (Rússia), Irã, Síria, Cuba e Coréia do Norte  que foram nações  mencionadas em situação de bloqueio e perseguição econômica.

Os transações consideradas 'violações' pelos EUA, ocorreram entre 2011 e 2018 e consistiram principalmente em transações de bens e serviços de varejo de baixo custo. O valor total dessas transações foi de aproximadamente US $ 269.000.

Continuando em abordagem do comunicado, as ordens "se referiam especificamente a uma jurisdição sancionada, uma cidade dentro de uma jurisdição sancionada ou uma grafia alternativa comum de uma jurisdição sancionada", mas os processos de revisão da Amazon "não marcavam transações para revisão". 

    Veja Também

      Mostrar mais