O Antagonista
"Nada será resolvido na base do cacete"

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga , disse à Folha de S. Paulo que quer evitar atritos com governadores e prefeitos:

“Nada será resolvido na base do cacete. Vamos resolver na base do diálogo.”

Você viu?

Sobre o lockdown , ele preferiu fugir da pergunta:

“Há os que pedem que tudo seja fechado, que as pessoas fiquem em casa para combater a epidemia . Há aqueles que afirmam que as pessoas têm que sair para trabalhar. Há diversos pontos de vista.”

Leia mais em O Antagonista

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários