Um goiano que mora nos EUA foi preso pela Interpol por suspeita de praticar racismo, ameaça e homofobia contra cinco moradores de Quirinópolis. A ação foi entre Polícia Civil de Goiás e Interpol.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários