Um juiz do Distrito Federal se irritou com ação da Enel. O magistrado Giordano Resende Costa, criticou a causa ter ido para o Distrito Federal e afirmou ser: “lamentável ver o governador do estado assinar um documento reconhecendo que o Judiciário de seu estado não detém a competência territorial para apreciar um ato seu”. Em 2017, foi firmado um contrato entre o estado de Goiás e a Enel Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários