Funai
Reprodução
Fundação Nacional do Índio

A Fundação Nacional do Índio (Funai) nega à Coluna que tenha destinado apenas metade dos recursos disponíveis para o enfrentamento do novo coronavírus entre povos indígenas.

Afirma que não comenta dados extraoficiais e que, até a presente data, já foi empenhado mais de 80% do orçamento. O órgão posiciona ainda que dá suporte a 313 barreiras sanitárias em todo o território nacional: “Prova da efetividade das ações é que não há, até o momento, nenhum registro de contágio entre povos isolados e de recente contato”.

Conforme levantamento do Instituto de Estudos Socioeconômicos, a Funai gastou apenas 52% dos recursos destinados ao enfrentamento do novo coronavírus. Do programa “Proteção e Promoção dos Direitos dos Povos Indígenas”, segundo o Inesc, apenas 46% do orçamento foi executado.

O ministro do STF, Luís Roberto Barroso, negou recente a homologação da terceira versão do Plano Geral de Enfrentamento ao Covid-19 para Povos Indígenas e determinou que um novo documento seja apresentado até o dia 8 de janeiro. Segundo o ministro, o documento apresentado pelo governo federal permanece “genérico”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários