Dino
Agência Brasil
Governador do Maranhão Flávio Dino

Até as paredes do Palácio dos Leões, sede do Governo do Maranhão, sabem que o governador Flávio Dino (PCdoB) tenta viabilizar sua candidatura à Presidência em 2022 com o apoio de um petista do Sudeste – ou como vice de Fernando Haddad, a aposta inevitável de Lula da Silva.

Fato é que a equação para o centro-esquerda passa por uma chapa com dois nomes fortes ligando eleitorado das duas regiões. Corre por fora o PSB, sem nome desde a morte fatídica de Eduardo Campos, mas que, ao contrário do PCdoB, não quer apoio do PT e pode fechar aliança com PDT de Ciro Gomes.

Dino se mexe para chamar atenção de Lula. Convidou o amigo e ex-presidente e participaram de live no último dia 29 com o tema política e críticas a Jair Bolsonaro.

    Veja Também

      Mostrar mais