Setor imobiliário do Distrito Federal
CBIC/Divulgação
Setor imobiliário do Distrito Federal

O setor imobiliário do Distrito Federal, um dos mais rentáveis do País, ainda não sentiu efeitos da crise do coronavírus no 1º trimestre – obviamente, os dados do segundo trimestre, que saem em julho, poderão mostrar índices diferentes após o confinamento imposto a partir de meados de março.

Fato é que, até março, o Índice de Velocidade de Vendas (IVV) – jargão usado no segmento – registrou “média desejável” de 6,6% positivos na comercialização de imóveis novos.

Todavia, há um indicativo de crise financeira dos brasilienses. É notório nas avenidas de bairros e cidades satélites o crescente número de anúncios de vendas de imóveis usados, com deságio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários