Coronavírus
Agência Brasil
Coronavírus

Enquanto em países Alemanha e Inglaterra, para citar apenas dois exemplos, os casos de coronavírus são tratados com aparato de “guerra biológica”, com paciente internado e isolado, no Brasil – campeão de malfeitos em prevenções – o contaminado é obrigado a ir para casa e se virar, sem acompanhamento médico. É o que estão fazendo hospitais públicos e privados em várias cidades, com casos sob forte suspeitas.

E segue a via crucis dos milhares de passageiros que desembarcam diariamente nos maiores aeroportos do Brasil vindos de países com surto na Ásia e Europa. Raramente alguma companhia, antes da aterrissagem, informa as orientações. E a turma da Anvisa não tem gente suficiente para triagem, nem aparelhos para medição de febre.

    Veja Também

      Mostrar mais