Tamanho do texto

Com essa decisão as investigações ficam disponíveis às autoridades civis

O Vaticano divulgou decisão histórica do Papa Francisco de retirar o segredo pontifício para denúncias de abuso e violência sexual cometidos por clérigos. Com isso, as investigações canônicas ficam disponíveis às autoridades civis. Inclusive no Brasil.

Papa Francisco arrow-options
Agência Brasil
Papa Francisco

Documento assinado pelos cardeais Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano, e Luis Ladaria, prefeito para Doutrina da Fé, confirma como delicta graviora – crimes mais graves – a aquisição, detenção ou a divulgação, para fins libidinosos, de pornografia de menores de 18 anos. Antes eram apenas menores de 14 anos.