Estado Islâmico mata chefe militar do Talibã em ataque a hospital
O Antagonista
Estado Islâmico mata chefe militar do Talibã em ataque a hospital

O Estado Islâmico da Província Khorasan matou o chefe das forças militares do Talibã, Hamdullah Mokhlis (sentado, na foto), em um ataque ao Hospital Sardar Mohammad Dawood Khan, em Cabul, capital do Afeganistão.

Desde que o Talibã tomou o poder em 15 de agosto, Mokhlis é o seu integrante de mais alta patente a ser morto pelo Estado Islâmico. Ele também era membro da rede Haqqani, que é próxima da Al Qaeda.

Leia Também

Após duas explosões, cinco membros armados do Estado Islâmico entraram atirando no edifício onde fica o maior hospital militar da capital. Mokhlis correu para enfrentar os outros terroristas. No embate, ao menos 19 pessoas foram mortas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários