Crusoé

Biden recoloca EUA no Acordo de Paris, cancela retirada da OMS e anula medidas de imigração
O Antagonista
Biden recoloca EUA no Acordo de Paris, cancela retirada da OMS e anula medidas de imigração

Em decisões tomadas na útlima quarta-feira (20), e  nesta quinta (21), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (foto), colocou o seu país de volta ao Acordo de Paris, cancelou a retirada da Organização Mundial de Saúde e revogou medidas que dificultavam a entrada de pessoas no país .

Eu, Joseph R. Biden Jr., presidente dos Estados Unidos da América, tendo visto e considerado o Acordo de Paris , celebrado em Paris em 12 de dezembro de 2015, aceito o referido Acordo e todos os artigos e cláusulas em nome dos Estados Unidos da América “, divulgou a Casa Branca em um comunicado.


Em uma carta ao secretário-geral da ONU, António Guterres, Biden pede uma retratação da carta de 6 de julho de 2020, em que o governo americano anunciava que se retiraria da Organização Mundial da Saúde (OMS) em 6 de julho de 2021. “ Os Estados Unidos pretendem permanecer membros da Organização Mundial da Saúde . A OMS desempenha um papel crucial na luta mundial contra a letal pandemia da Covid-19, bem como inúmeras outras ameaças à saúde global e à segurança da saúde “, diz a carta.

Você viu?

Em uma proclamação dada na noite da quarta (20) o governo Biden também revogou medidas que dificultavam a entrada de pessoas nos Estados Unidos .

O governo anterior promulgou uma série de decretos e proclamações presidenciais impedindo certos indivíduos de entrarem nos Estados Unidos — primeiro de países principalmente muçulmanos e, posteriormente, de países majoritariamente africanos. Essas ações são uma mancha em nossa consciência nacional e são inconsistentes com nossa longa história de acolhimento de pessoas de todas e de nenhuma religião “, diz a declaração.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários