Crusoé


Bolsoanro
O Antagonista/Crusoé
Desfile é visto como um termômetro de popularidade para os presidentes.

O Ministério da Defesa decidiu cancelar o desfile do Sete de Setembro, realizado anualmente na Esplanada dos Ministérios para celebrar a independência do Brasil. As solenidades são vistas como um importante teste de popularidade dos governos e, a depender da avaliação da população, concentram protestos e atos contra as autoridades de plantão.

Em 2015, por exemplo, meses antes do impeachment, a então presidente, Dilma Rousseff, teve um forte esquema de segurança para não ser alvo de milhares de manifestantes que aproveitaram o desfile militar para pedir a sua saída.

Em portaria publicada nesta sexta-feira, 7, o Ministério da Defesa alegou que “o país, como considerável parte do mundo, enfrenta a pandemia de Covid-19, não sendo recomendável pelas autoridades sanitárias a promoção de eventos que possam gerar aglomerações de público, devido ao risco de contaminação”.

O ministro Fernando Azevedo e Silva determinou aos comandantes da Marinha do Brasil, do Exército e da Força Aérea Brasileira que se abstenham de participar de qualquer evento comemorativo alusivo à semana da Pátria, como desfiles, paradas, ou outras celebrações que possam causar concentração de pessoas.

    Veja Também

      Mostrar mais