undefined
Reprodução/Justiça Federal do DF
Investigação foi motivada após PF achar fortuna em imóvel atribuído a Geddel

Após a descoberta da fortuna ilícita em um bunker em Salvador, o Ministério Público e a Polícia Federal mapeiam laranjas que seriam usados pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima para escamotear sua fortuna – em boa parte, apontam investigadores, de origem ilícita.

Leia também: Senado descartou compra de equipamentos de segurança

Estão no radar parentes, ex-assessores, funcionários das propriedades rurais e uma lista de lobistas de diversos ramos com os quais Geddel mantinha contato rotineiro enquanto ocupou cargos no alto estalão dos governos Michel Temer, Dilma Rousseff e Lula da Silva.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários