undefined
Agência Brasil
Carlos Marun passou a andar escoltado em Brasília e Campo Grande por dois agentes legislativos armados

O deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da reforma da Previdência na Câmara Federal, passou a andar escoltado em Brasília e Campo Grande por dois agentes legislativos armados.

Segundo ele próprio confirma, foi determinação da Mesa Diretora da Casa para protegê-lo diante das manifestações.

Leia também: Delegados da PF soltam nota de "preocupação" com posse de Torquato

Também anda com escolta o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), com um segurança particular – inclusive dentro do Congresso Nacional. Mas por outro motivo: temeroso de ataques homofóbicos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários