A força tarefa da Operação Lava Jato está intrigada com a desenvoltura financeira de um dos investigados – que foi preso e já colocado em liberdade.

E também pela descoberta de sua ligação íntima com uma famosa parlamentar em Brasília.

Ambos passaram a alvos numa frente da apuração sigilosa com suspeitas de esconderem, além da relação, bens conseguidos de formas espúrias.

Leia também: Senado segura projeto que divulga empréstimos sigilosos do BNDES

O investigado chegou a vender rapidamente dois apartamentos de R$ 3 milhões nos EUA pela fiança da soltura.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários