Mais de R$ 38 milhões do Fundo Partidário abasteceram as contas das 35 legendas em abril. O PT encabeça: recebeu do Fundo, que é dinheiro público, R$ 5.049.442,40; depois aparecem PMDB, com R$ 4.142.215,09; PSDB, R$ 4.266.334,26; DEM, R$ 1.609.144,14; PP, R$ 2.500.548,41; PSB, R$ 2.438.982,19 e PDT, com 1.325.798,37.

Leia também: Ministro do STJ recomenda cuidado com fim do foro

Conhecidos como “nanicos”, os partidos Novo e PMB receberam, cada, R$ 55.667,89. De janeiro a abril, o Fundo Partidário jorrou mais de R$ 214 milhões nas contas das siglas. O Novo tem bandeira pelo fim do fundo partidário.

Essa farra com dinheiro público nos partidos é visível para muitos. No início do ano passado, o deputado Givaldo Carimbão (PHS-AL) e outros decidiram pular do PROS revoltados após ver o presidente, Eurípedes Jr, comprar um helicóptero com dinheiro do fundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários